inspiração      inovação      creative lab
Portal de Tendências
Rua Cardoso de Almeida, 788 cj.141  - São Paulo - SP - Brasil - CEP 05013-001
+55 11 3673-8249 | +55 11 95051-8249 |portal@portaldetendencias.com |  
Estacionamento Conveniado
Horário de atendimento: Segunda a Sexta-Feira das 8h - 14h e aos sábados 10h - 13h
Copyright Portal de Tendências - Creative Lab. Todos os direitos reservados.
Barcelona Design Week 2016
O Futuro das Indústrias Criativas

A 11ª  edição da Barcelona Design Week 2016 (BDW) apresentou
como tema central o futuro das indústrias criativas. É organizado
pelo Barcelona Design Centre (BCD) e teve como principais
objetivos a internacionalização do evento e a abordagem do
design como elemento transformador da sociedade.

O local escolhido para a abertura não poderia ser melhor: o
Disseny
Hub
Barcelona. Este edifício se compõe com a Torre Agbar e foi
projetado pelo escritório de arquitetura
Figueras.

O programa chamado
"A invasão do Design" mobilizou a cidade
com muitos eventos: palestras, workshops, exposições,
conferências, festas e ainda, atividades em rede. Foram
programados cerca de 70 oficiais e centenas de cápsulas
paralelas. Os temas mais importantes foram: caminhos para
inovação empresarial, a sociedade vista pela lente do design e o
futuro do design.


Como o design pode melhorar a sociedade?

Alice Rawsthom é crítica de design e escreve para o New York
Times e apresentou um tema muito interessante
'Se eu estivesse
projetando a solução?'
Repensar o papel do design no mundo dos
negócios e da sociedade é necessário. No século XXI, as funções
do designer  ultrapassam as respostas dirigidas apenas aos objetos
e espaços. O designer pode contribuir de forma significativa na
melhoria da sociedade, colocando o foco em áreas como meio
ambiente, saúde, educação e inserção de minorias. Salientou que
chegamos a um ponto de transformação em que os designers são
responsáveis ​​por liderar muitos das principais desafios atuais, tais
como o impacto do projeto na esfera social e a melhoria da nossa
qualidade de vida. A importância da co-criação e colaboração
entre diferentes disciplinas em processos de inovação também foi
destacada, além de focalizar o design na figura do usuário com o
objetivo de melhorar  produtos, serviços e a sociedade em que
vivemos.

Design é Futuro!

A BDW também sediou a segunda edição do 'Congresstival: Design
é Futuro'
que ocorreu entre os dias 6 e 8 de junho. O evento contou
com a participação de mais de 300 empresas e profissionais,
aproximadamente  30% a mais que no ano passado e ofereceu um
programa de conferências  com quinze especialistas de renome
internacional. Foram apresentadas abordagens sobre inovação,
desafios profissionais para o século XXI, novas metodologias para
projetar e a empresa do amanhã e a sociedade contemporânea.

O ponto alto do encontro foi a discussão do novo papel dos
designers com a apresentação de histórias de sucesso e
metodologias que comprovaram o uso do design para estimular
empresas e fazê-las crescer, e ainda, como o design pode tornar a
vida mais fácil para as pessoas.

Algumas das ideias e conceitos importantes estabelecidos
nas conferências

Na esfera estritamente profissional, vários participantes
apresentaram histórias de sucesso e exemplos que demonstram
que o design  já está integrado à cultura corporativa de grandes
empresas e de muitas  startups, sendo que estas últimas, talvez pela
idade, têm a chave do sucesso nas suas estratégias.

Outro fato levantado é a crescente importância de designers nas
estruturas dessas organizações, em muitos casos, são fundadores ou
CEOs de empresas de sucesso.

A este respeito, Doug Powell contou como ele conduziu a
mudança  da cultura focalizada no design na IBM. Hoje, a empresa
conta com uma equipe de mais de 1.200 designers.

Chris Moody explicou como uma empresa de consultoria global
como Wolff Olins transforma o processo de design em projetos
inovadores de marcas diferenciadas. Apresentou casos de  
empresas de como Endesa, The Met e Zidoc, entre outras.

Carmen Bustos (Soulsight), destacou como as empresas de design
startup
s têm promovido resultados e a comparação com outras
empresas mais tradicionais do mesmo setor.

Miquel Ballester (Fairphone) apresentou o modelo de negócio de
uma empresa de telefonia móvel que pode ser baseada
principalmente na concepção de produtos sustentáveis ​​e a luta
contra a obsolescência planejada: o Fairphone.  Desde 2013, a
empresa vende celulares que procuram respeitar tanto o meio
ambiente quanto os direitos humanos. Ela acaba de anunciar a
segunda geração de seus smartphones, e eles são modulares: é
possível atualizá-los com novas peças em vez de comprar um
aparelho novo.

Ed Gillespie, diretor de criação e co-fundador da Futerra (uma
empresa de consultoria que ajuda as empresas com a transição
ambientalmente responsável), e autor de
Only Planet: A Flight-Free
Adventure Around the World
 (um livro sobre a sua viagem ao redor
o mundo sem tomar qualquer avião) salientou como os designers e
as empresas podem produzir  coisas  extraordinárias e igualmente
produtos ambiental e socialmente responsáveis.

O Designer

Nos painéis profissionais, a discussão teve como foco a definição
da figura do designer do futuro, um perfil que é constantemente
renovado e que está adquirindo um papel cada vez mais
estratégico nas estruturas empresariais.
Foram debatidas as novas dinâmicas de formação do designer, os
conhecimentos e as experiências mais inovadoras nas esferas da
profissão, da investigação e do empreendedorismo. Os
apresentadores convidados foram Chris Moody, Diretor de Criação
e Diretor Global da Wolff Olins; Sam Baron, diretor da área de
design da Fabrica; Carmen Bustos, sócia fundadora da Soulsight;
Jonathan Duckworth, artista digital, Diretor CiART- Universidade
RMIT e Andrés Ortiz, arquiteto e sócio fundador da Bestiario.

O segundo dia lidou com duas áreas temáticas: a empresa e a
inovação. Foram apresentadas mais histórias de sucesso e
metodologias que comprovem o uso do design é um gatilho
estratégico e competitivo. Participaram Doug Powell (IBM), Laszlito
Kovacs, Diretor de Criação da WeTransfer; Luis Baldez (HP- 3D),
Andreas Enslin (Miele) e Silvia Calvet (GFT).

O painel de Baldez foi o mais surpreendente. Ele apresentou a
inovações da impressora 3D da HP que chegou ao mercado em
maio. “As partes são fundidas em nível granular – quase molecular,
e isso dá a elas uma força espetacular. Imagine as possibilidades  
em um mundo de Internet das Coisas, onde não somente cada
produto é conectado, mas toda parte dele é conectado”. Os
benefícios neste momento atingem o impossível, ou seja, o mundo
ficará cada vez mais conectado e pela primeira vez, um objeto
impresso sairá com dispositivos inteligentes capazes de se
interconectarem sem grande complexidade.  

No painel 'Sociedade', forma apresentados casos onde o design
promoveu a melhoria de comunidades, tornando a vida mais fácil
para as pessoas. Os apresentadores foram Ed Gillespie (Futerra);
Miguel Ballester (Fairphone); Luis Villa (Fiorde) dentre outros.

Com o sucesso desta edição, o
Congresstival torna-se um evento
internacional consolidado empenhado em projetar o design como
uma ferramenta fundamental nos processos de inovação e, ao
mesmo tempo, como um ativo estratégico para as empresas e
para a sociedade.



Ana Claudia Azevedo | Rio de Janeiro
Marcia Holland | São Paulo
Paul García | Barcelona

portal@portaldetendencias.com
jun|2016
Alice Rawsthom
Doug Powell
Chris Moody
Fairphone - a oficina proporciona inserção
social e trabalha diretamente com materiais
reciclados. Fonte: Fairphone editada com
licença CC 3.0.
Edie Gillespie. A volta ao mundo sem avião.
Jonathan Duckworth e o 'embracelet'.
Jose Aguirre
(Bestiário)
Carmen Bustos
Disseny Hub Barcelona
Fairphone: compromisso
com a inclusão social e
o meio-ambiente.
Luiz Baldez apresentou as novidades da
nova impressira 3D da HP. Com ela, é
possivel construir estruturas complexas
e até próteses. Futuramente, este mesmo
modelo produzirá órgãos humanos.
    PORTAL DE TENDÊNCIAS - CREATIVE LAB
    CURSOS DE FÉRIAS
    TENDÊNCIAS- DESIGN DE PRODUTO
    ARQUITETURA
    MODA
          SÃO POUCAS VAGAS!
Conheça a programação.
Clique aqui.